Peço que me respondam aos comentários que eu faço aos vossos blogs, no meu blog pessoal e não neste, pois demorarei mais tempo a responder-vos de volta*

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Sophia

Eu andei a ler a obra poética desta grande senhora, por isso, os próximos post's serão poemas ou versos dela.
Vamos a mais um:

Cada dia te é dado uma só vez
E no redondo círculo da noite
Não existe piedade
Para aquele que hesita.
Mais tarde será tarde e já é tarde.
O tempo apaga tudo menos esse
Longo indelével rasto
Que o não-vivido deixa.

Peço-vos que as respostas aos comentários que fiz nos vossos blogues, deixem no blog pessoal, o Never Give Up, em vez de deixarem neste, vejo mais depressa e respondo mais depressa lá do que aqui*

15 comentários:

  1. Amiga que linda mensagem amei.
    tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  2. adorei tanto este como o outro! ela escreve mesmo bem!

    ResponderEliminar
  3. Olá querida, gostei tanto do que escreveste!! Que poema lindo!
    Obrigada por teres passado pelo meu cantinho e teres seguido. Podes contar com uma nova seguidora :p
    beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. r1: não estamos juntos porque moramos a alguns km de distância, só estamos 1 vez por semana.
    r2: ainda não sei pormenores, se aceitar, digo tudo no blog :)

    ResponderEliminar
  5. Eu para alterar o modelo procuro tutoriais no google, para alterar o que quero :)

    ResponderEliminar

  6. Boa tarde!
    Queria informar que alterei o link do meu blogue, e por isso os seguidores automaticamente deixaram de ter acesso. Já por isso, estou a enviar o novo link a todos os meus leitores, para que possam adicionar ou seguir de novo.
    http://palavras-sentidas-2013.blogspot.pt/

    Obrigado, e espero que gostem das alterações! Cumprimentos,

    ResponderEliminar
  7. A saudade é um parafuso que quando a rosca cai só entra se for torcendo
    porque batendo não vai. Mas quando enferruja dentro nem distorcendo não sai. É assim que me sinto ao entrar no seu espaço e me deparar com tuas mais belas e lindas palavras que descreve num todo aquilo que és... Quem me dera deixar fluir tudo àquilo que meus dedos não conseguem expressar... Sei que és capaz na de distinguir com exatidão o que estou a dizer... Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-lo com boas palavras, segundo o que já tens deixado transparecer em cada uma de tuas mais lindas e belas postagens... Confesso vararia dias, meses e anos a te escrever, mas vou deixar espaço pra você também Quando eu escrever na alma de alguém. Não deixarei páginas em branco. Beijos e um lindo final de semana..

    ResponderEliminar

Procuras algo? Vê aqui: